Aprovado texto-base de projeto que cria cota para leite nacional na merenda escolar

Estão em análise os destaques que podem alterar a proposta
Carlos Jordy, relator do projeto
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do Projeto de Lei 3292/20, do deputado Vitor Hugo (PSL-GO), que cria cota para o leite nacional que for comprado para a merenda escolar. O projeto também retira a prioridade de compra dos gêneros alimentícios de comunidades indígenas, assentamentos da reforma agrária e comunidades quilombolas.

As mudanças constam de substitutivo do relator, deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), segundo o qual 40% dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) aos municípios e usados para a compra de leite devem ser destinados à aquisição do produto na forma líquida junto a produtores locais registrados no serviço de inspeção.

Os deputados estão analisando os destaques apresentados pelos partidos na tentativa de mudar o texto.

Obstrução

Os partidos de oposição obstruem os trabalhos por considerarem o projeto uma interferência na definição da merenda escolar pelas escolas de acordo com diretrizes dos municípios.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem