Informação é coisa séria

Prouni oferta mais de 134 mil bolsas para o 2º semestre de 2021; inscrições começam nesta terça (13)

Consulta das bolsas para 10.821 cursos em 952 instituições privadas de ensino superior já está disponível

Reprodução / Site ProUni 


Os interessados em concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (Prouni) do Ministério da Educação (MEC) já podem consultar as opções disponíveis na página do Prouni. Ao todo são ofertadas 134.329 bolsas, sendo 69.482 bolsas integrais e 64.847 parciais, para 10.821 cursos em 952 instituições de ensino superior da rede privada.

O MEC publicou nesta sexta-feira, 9, na página do Prouni, todas as informações sobre as bolsas disponíveis para que os interessados em disputar uma bolsa possam consultar, com antecedência, as opções ofertadas para todo o país.

A busca pode ser feita por tipo de bolsa (integral e parcial), modalidade (presencial e a distância), curso, turno, instituição e localidade do campus.

O prazo para as inscrições começa na próxima terça-feira, 13. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, na página do Prouni, até as 23h59 do dia 16 de julho. O cronograma completo também pode ser consultado na página do programa.

O Prouni é um programa de acesso ao ensino superior que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições particulares de ensino para quem não tem ensino superior.

Requisitos

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, deve ser de até 3 salários mínimos. O candidato também precisa ter realizado o último Enem e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média nas notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação ou ter feito o Enem na condição de treineiro.

Para participar do Prouni é preciso, ainda, atender a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede privada, desde que na condição de bolsista integral da respectiva instituição. Esta condição é válida tanto para quem cursou todo o ensino médio em escola privada, como para quem teve apenas uma parte dos estudos realizados em escola privada, sendo a outra parte em escola pública. As demais condições são: ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrar o quadro de pessoal permanente de instituição pública. Para quem comprova ser professor da rede pública não é aplicado o limite de renda exigido aos demais candidatos.

Bolsas

Os quatro estados com maior oferta de bolsas em geral são, nessa ordem: São Paulo, Minas Gerais. Goiás e Paraná. Veja a lista completa da oferta de bolsas do Prouni por Unidade da Federação.

UF

Bolsas Integrais

Bolsas Parciais

Total

AC

 267 

 221 

 488 

AL

 564 

 681 

 1.245 

AM

 1.001 

 105 

 1.106 

AP

 372 

 135 

 507 

BA

 2.948 

 6.717 

 9.665 

CE

 1.978 

 1.352 

 3.330 

DF

 1.578 

 1.920 

 3.498 

ES

 1.061 

 636 

 1.697 

GO

 2.851 

 8.787 

 11.638 

MA

 1.320 

 3.832 

 5.152 

MG

 6.439 

 6.125 

 12.564 

MS

 878 

 366 

 1.244 

MT

 1.358 

 471 

 1.829 

PA

 3.034 

 1.403 

 4.437 

PB

 845 

 901 

 1.746 

PE

 2.332 

 2.554 

 4.886 

PI

 533 

 812 

 1.345 

PR

 3.925 

 6.579 

 10.504 

RJ

 4.221 

 1.222 

 5.443 

RN

 474 

 683 

 1.157 

RO

 688 

 646 

 1.334 

RR

 259 

 79 

 338 

RS

 4.815 

 4.069 

 8.884 

SC

 5.598 

 1.141 

 6.739 

SE

 295 

 1.187 

 1.482 

SP

 19.205 

 11.820 

 31.025 

TO

 643 

 403 

 1.046 

Total

 69.482 

 64.847 

 134.329 


Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da SESU/DIPPES

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem