Matrícula para cursos do Programa Educar para Trabalhar será realizada até o dia 7 de novembro

Foto: SEC

Por ASCOM / SEC

A matrícula para os 43 cursos do Programa Educar para Trabalhar será realizada até o dia 7 de novembro, de forma automática. Mas o candidato classificado deve ficar atento porque, caso seja necessário o envio de documentos ou informações, ele terá cinco dias corridos para enviar à Secretaria da Educação do Estado (SEC), a partir da data da solicitação. O início das aulas será no dia 8 de novembro (1ª Entrada) e 7 de fevereiro de 2022 (2ª Entrada).

>> Acesse o resultado final aqui

O programa visa promover a qualificação profissional dos estudantes, oferecendo oportunidades de aprendizagens e maiores condições de inserção no mundo do trabalho, conforme as demandas dos setores produtivos dos Territórios de Identidade da Bahia. Durante o ano de 2021, o programa ofertou 200 mil vagas. Nesta nova etapa, estão sendo ofertadas 151.179 mil vagas.

Os cursos estão distribuídos em dez Eixos Tecnológicos, na modalidade Educação à Distância (EAD), de Formação Inicial e Continuada (FIC). A iniciativa integra as políticas públicas de assistência estudantil do Governo da Bahia, no âmbito do Programa Estado Solidário.

Sobre os cursos - Os cursos terão duração média de três a cinco meses e serão ministrados em parceria com o Sistema S, composto pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). A previsão é que as vagas sejam preenchidas por 2.656 turmas, com diversos cursos, dentre os quais os de Administrador de Banco de Dados; Agente Cultural; Agente de Gestão de Resíduos Sólidos; Agente de Informações Turísticas; Almoxarife de Obras; Assistente de Logística; Assistente Financeiro; Cerimonialista; Desenvolvedor de Jogos Eletrônicos; Organizador de Eventos e Produtor Cultural.

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem