PF prende funcionária da CAIXA que fraudava auxílio emergencial

O fato foi denunciado pela própria corregedoria da Caixa Econômica Federal
Foto: PF

Niterói/RJ - Na tarde de ontem, 28/4, a Polícia Federal prendeu uma funcionária da Caixa Econômica Federal, Agência Bacaxá, pela prática do crime de inserção de dados falsos em sistemas da Administração Pública, com a finalidade de obter vantagem indevida.

A corregedoria da instituição bancária noticiou que a referida funcionária estaria simulando atendimento de dezenas de titulares de benefícios sociais, permitindo que criminosos realizassem, por meio do aplicativo CAIXA TEM, transferências dos valores do auxílio emergencial para uma determinada conta em nome de terceiro.

Foram reunidos elementos indicativos de que a funcionária já vinha realizando tal tipo de fraude há alguns meses.

A presa responderá pelo crime previsto no artigo 313-A do Código Penal, cuja pena pode chegar a 12 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro | Fonte: PF

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem