Informação é coisa séria

Pres. Tanc. Neves: cresce a bandidagem e aumenta a insegurança da população

Foto: Reprodução / vídeo enviado por leitor do DT

Em Presidente Tancredo Neves, a segurança pública tem se tornado alvo de preocupação da população. Recentemente recebemos denúncias de que os marginais roubam celulares em plena luz do dia.  As pessoas se sentem inseguras ao caminhar pelas ruas,bairros e avenidas da cidade, até mesmo no período da manhã. Enquanto isso, os criminosos estão com "liberdade" para agir. O pior que o problema não é só no centro da cidade, na zona rural, a situação é similar. Nos últimos meses houve registros de roubos e furtos de motocicletas. 

Um leitor nos procurou e enviou um vídeo que ilustra melhor a situação. Nele, aparece um bandido com uma arma de fogo, ele aponta em direção a um rapaz que passa de motocicleta, nas proximidades da rua do ginásio Prof. Edivaldo Machado, no período da noite. Um morador que mora próximo ao local fez o vídeo e divulgou nas redes sociais. O que chama atenção é que os marginais aparenta estarem tranquilos, sem nenhum medo. 

A ação da polícia 

Em outro vídeo, também enviado por um leitor do Diário Tancredense, PMs fazem abordagens de indivíduos suspeitos. O que nos remete a mensagem de que a Polícia Militar tem feito o seu trabalho, dentro do possível, no entanto o número de PMs é insuficiente para intensificar o combate a criminalidade, haja vista que o município hoje, possui cerca de 29 mil habitantes. 

O Poder Público

A Poderes Executivo e Legislativo precisam de forma conjunta buscar melhorias junto ao governo do Estado, para a segurança do município. Cobrar mais investimentos e solução para os problemas que tem ocorrido com frequência no município de Tancredo Neves. 

Há algum tempo, o Prefeito Toin do Bó e alguns vereadores estiveram em Salvador e na época disseram que foram feitas cobranças para a área de segurança pública, contudo pelo que se percebe não foi suficiente.  A segurança é dever do Estado, porém o município precisa cobrar melhorias. 

Dever do cidadão 

Cidadãos que forem assaltados, que tiveram(em) objetos ou veículos furtados, precisam registrar Boletim de Ocorrência, pois o site da segurança pública vai contabilizar os dados e isso pode contribuir para uma interpretação melhor dos números da violência no município. Uma vez, que o estado trabalha com os dados disponíveis no portal.

Diário Tancredense 


Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem