Jerônimo e ACM Neto disputam o segundo turno da eleição na Bahia

Eleições 2022
Arte: Diário Tancredense


A eleição ao Governo da Bahia vai ser definida em segundo turno. Com 99,65% das urnas apuradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o cenário no quarto maior colégio eleitoral do país confirma disputa entre Jerônimo Rodrigues (PT), candidato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que recebeu 49,39% dos votos,e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), que alcançou 40,84% de apoio dos eleitores. Em linhas gerais, o resultado, com a confirmação da segunda etapa do pleito no Estado, representa uma vitória — ainda que inicial — para o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT). Isso porque, a pouco menos de dez dias, as principais projeções eleitorais na Bahia apontavam vitória de ACM Neto, herdeiro político do avô Antônio Carlos Magalhães — morto em 2007 e um dos maiores líderes da Bahia —, em votação única. Ou seja, a eleição deste domingo, 2, confirma o crescimento do petista entre o eleitorado baiano na reta final da campanha e também abre caminho para virada na disputa local.


A última pesquisa do Instituto Ipec (ex-Ibope) na Bahia foi divulgada em 24 de setembro, a oito dias do primeiro turno das eleições de 2022. Segundo o levantamento, o ex-prefeito de Salvador tinha 47% das intenções de votos, contra 32% do petista. Outros candidatos somavam 8% dos votos. Brancos e nulos representavam 4% dos entrevistados e indecisos, 8%. Considerando apenas os votos válidos, que excluem brancos e nulos, a vantagem de ACM Neto era ainda maior, de 17 pontos, chegando a 54% dos votos, ante 37% de Jerônimo, o que representava vitória no primeiro turno do candidato do União Brasil no Estado. Apesar da ampla vantagem, o resultado da pesquisa também apontava uma queda de nove pontos percentuais de ACM, na comparação com o levantamento anterior, de 26 de agosto, e um crescimento de 19 pontos de Jerônimo Rodrigues, que passou de 13% para 32% das intenções de votos. Em relação a projeções do segundo turno, ainda de acordo com dados do Ipec de setembro, ACM Neto venceria com 52% dos votos, contra 35% de Jerônimo. Neste cenário, brancos e nulos são 6% e indecisos, 7%.


Fonte: JP

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem