Primeiro supermercado 100% autônomo da América Latina é inaugurado no Paraná

O governador Ratinho Júnior prestigiou a inauguração do Muffato Go. Foto: Jonathan Campos/AEN

O Grupo Muffato, que hoje detém uma das maiores redes de supermercados do Brasil e a maior do Paraná, inaugurou quinta-feira, 3, em Curitiba um mercado totalmente autônomo, o Muffato Go. O espaço, totalmente operado por Inteligência Artificial (IA) e visão computacional, permite que o consumidor use o próprio celular para fazer as compras, sem precisar enfrentar filas ou passar pelo caixa.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) participou da inauguração e elogiou a empresa pelo empreendimento que faz o Paraná ter o que existe de mais adiantado no mundo em termos de supermercado.

Com 83 lojas e 19 mil empregados diretos e cerca de 10 mil indiretos, o Grupo Muffato está entre as maiores redes varejistas do País. No Paraná, onde a empresa começou, a rede está presente em 32 cidades com Super Muffato, Max Atacadista e outros serviços.

Na nova loja, o consumidor faz um cadastro em um aplicativo, entra no estabelecimento após escanear um QR Code, pega o que quer, coloca na sacola e sai, sem precisar passar por um caixa, efetuando o pagamento de forma totalmente digital.

Segundo o governador, além de ser um modelo inovador para os consumidores, o novo formato impulsiona a geração de empregos no Estado. “O Paraná é o estado mais inovador do Brasil e para nós é motivo de muito orgulho ter uma loja inteligente lançada por um grupo paranaense. Você tem muita geração de emprego por trás dessa loja. Tem o software, pessoal da área de tecnologia, repositores, o que ajuda a movimentar a nossa economia”, disse.

De acordo com Everton Muffato, diretor do Grupo Muffato, o modelo também dará mais visibilidade ao Estado na área tecnológica, gerando impacto positivo a nível nacional. “O lançamento da Muffato Go, em Curitiba, é um grande passo para a indústria supermercadista brasileira. Retirando as filas e o checkout, estamos oferecendo aos clientes uma experiência de compras mais rápida e conveniente”, afirmou.


Aprendizado de Máquinas e visão computacional

A tecnologia, desenvolvida pela empresa portuguesa Sensei, utiliza fusão de sensores, deep learning (aprendizado profundo de máquinas) e visão computacional, com 500 câmeras instaladas para detectar e rastrear quando os produtos são removidos ou recolocados nas prateleiras sensorizadas.

O aplicativo registra tudo o que está sendo levado e joga o valor final para a conta cadastrada. Os produtos contam com etiquetas eletrônicas e toda a atualização de preços é feita por comunicação via wi-fi e atualizada on-line com os sistemas da loja.



Segundo Vasco Portugal, CEO da Sensei, a ideia é expandir o modelo para toda a América Latina. “O varejo está se tornando mais rápido e conveniente, e nossa tecnologia de loja sem atrito está trazendo um novo nível de experiência para os compradores nas lojas. Estamos entusiasmados em levar nossa tecnologia para a América Latina”, afirmou.

Fonte: O Maringá

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem