Turismo se mantém acima do patamar pré-pandemia e acumula alta de 36,9% neste ano

Índice indica a recuperação do setor que, em setembro, também registrou alta de 22,5% na comparação com o mesmo mês de 2021
Minas Gerais registrou aumento de 58,7% no Índice de Atividades Turísticas na comparação com janeiro a setembro de 2021. Descrição: Pedro Vilela/MTur

Osetor de turismo segue em ritmo de crescimento e acumula uma alta de 36,9% no volume de serviços de janeiro a setembro na comparação com o mesmo período de 2021. Neste ano, o resultado positivo foi impulsionado pelo aumento na receita, principalmente de empresas que atuam nos segmentos de transporte aéreo de passageiros, restaurantes, hotéis e locação de automóveis. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (11.11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Todas as 12 Unidades da Federação que integram o Índice de Atividades Turísticas registraram taxas positivas no período, com destaque para Minas Gerais (58,7%), Rio Grande do Sul (47,6%), Ceará (47,5%), São Paulo (44,3%) e Santa Catarina (36,9%) que alcançaram índice igual ou superior à média nacional (36,9%).

O ministro do Turismo, Carlos Brito, destaca o cenário positivo do setor no país. “Temos visto mês após mês o crescimento do turismo com uma série de resultados positivos alcançados. Resultados estes impulsionados por uma série de ações que temos desenvolvido que vão desde a oferta de crédito para apoiar o setor, qualificação profissional, distribuição de recursos para estruturar atrativos turísticos, promoção de destinos e incentivo a adoção de protocolos sanitários em empreendimentos turísticos para garantir a saúde e o cuidado com nossos turistas”, destacou.

Em relação apenas a setembro, também houve crescimento das atividades turísticas na comparação com o mesmo mês de 2021, com variação positiva de 22,5%. O destaque no mês fica com os estados de São Paulo (34,3%) e Minas Gerais (33,6%). Já na comparação com o mês anterior (agosto), o avanço é de 0,4%.

Estes resultados consolidam a movimentação das atividades turísticas 0,7% acima dos níveis registrados no período pré-pandemia (fevereiro de 2020) e apenas 6,7% abaixo do ponto mais alto da série, alcançado em fevereiro de 2014

Por Amanda Costa | Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem