Relembre principais fatos e veja dados sobre a política em Presidente Tancredo Neves

Confira nomes que passaram na câmara e prefeitura, veja também quais são os atuais representantes

Divulgação / Google images 


Emancipada em 24 de Fevereiro de 1989, o Município de Presidente Tancredo Neves completou em 2021, 32 anos de emancipação política. Ao longo desses anos ocorreram vários pleitos eleitorais, no entanto, só conseguimos acesso total dos dados, a partir das eleições de 1996. O que se sabe é que Aurelino Rocha de Mattos foi o primeiro prefeito do município, ele, inclusive foi um dos responsáveis no processo de emancipação política de PTN. 


Você sabe quais foram os prefeitos que já administraram a cidade? Quais foram os vereadores eleitos ao longo desse período? Falaremos apenas a cerca das eleições municipais. Vamos começar? 


CRONOLOGIA 


1996 - Aurelino Rocha de Mattos; foi eleito prefeito. Em 2002, Valdo de Ernesto, candidato ao cargo de prefeito, foi o vencedor do pleito eleitoral daquele ano. Quatro anos depois foi a vez do estreante na política, Josué Paulo dos Santos (QUINHA) se tornar gestor municipal, ele foi reeleito em 2008 e governou a cidade até 2012. Nas eleições municipais de 2012, o então vice-prefeito, Moacy Pereira, resolve se candidatar a prefeitura e vence o pleito. O que provavelmente ele não imaginaria era que estava para acontecer. Após 2 anos e alguns dias de mandato, a chapa vencedora das eleicões 2012, Moacy e Moacir foi cassada. Eles foram acusados de compra de votos e abuso do poder econômico. 


Em junho de 2015, os tancredenses tiveram que ir às urnas para escolher o novo prefeito na eleição complementar. Valdemir de Mota (Balbino), que até então era presidente da Câmara de vereadores e assumia o cargo de prefeito interinamente, se candidatou e foi eleito para comandar a cidade até 2016, ano das eleições municipais. 


Em 2016, o então prefeito, Balbino, se candidata a refeição mais é derrotado nas urnas por Antônio Mendes (Toin do Bó). Quatro anos depois, 2020, Toin do Bó, se reelege prefeito ao superar com apenas 26 votos de frente o segundo colocado, Josué Paulo, ex-prefeito. O atual mandado iniciado neste ano de 2021, vai até 31 de dezembro de 2024. 


CANDIDATO A PREFEITO MAIS VOTADO E O MENOS VOTADO NA HISTÓRIA DA CIDADE 


O candidato a prefeito mais votado em Presidente Tancredo Neves foi Toin do Bó. Nas eleições de 2016, o então candidato obteve quase 10 mil votos.  Enquanto o candidato a prefeito menos votado na história da cidade foi Paulo Menezes com 44 votos. O partido que mais elegeu prefeitos no município foi o MDB (antigo PMDB), foram três gestões (de 2005 a 2012 - Quinha) e 2017 a 2020 - Toin do Bó. 

O candidato a prefeito que sofreu a maior derrota - com maior diferença de votos- foi Valdemir Mota, em 2016, quando ficou com 3.783 votos a menos que o vencedor, Toin do Bó. 


ELEIÇÃO MAIS DISPUTADA 


A eleição mais disputada foi em 2020. O vencedor, Antônio Mendes, reeleito prefeito, obteve apenas 26 votos de frente, ficou com 6.801 no total. enquanto Josué Paulo (Quinha), segundo colocado, recebeu 6.775 votos. Essa foi a eleição mais disputada na história do município, até então, ao pleito mais disputado, havia sido o de 2004, quando o então candidato a prefeito Josué Paulo dos Santos (Quinha) do PMDB venceu  Antônio Cândido dos Santos (Cândido) com uma diferença de apenas 57 votos.  


ELEIÇÃO COM MAIOR QUANTIDADE DE CANDIDATOS A PREFEITO 


Superando os pleitos municipais de 1996 e 2008, quando o município teve quatro e três candidatos disputando ao cargo de prefeito, respectivamente, em 2020, Presidente Tancredo Neves teve cinco postulantes ao cargo máximo municipal. Foram eles: Antônio Mendes (PP), José Paulo dos Santos (REPUBLICANOS),  Tânia de Valdo Pezinho (PMDB), Ademar Barreto (PSD) e Eliezer Ribeiro (PSL).


VEREADOR QUE SE TORNOU PREFEITO 


O único VEREADOR que se tornou prefeito foi Valdemir Mota, Balbino, ele foi eleito na eleição complementar ocorrida em 2015, após cassação da chapa Moacy(PDT) e Moacir(PSC) após irregularidades durante a campanha política de 2012. Moacy ficou a frente do cargo de janeiro de 2013 até fevereiro 2015, quando o então presidente da Câmera, Balbino assumiu a prefeitura interinamente até que o TRE decidisse a data da nova eleição, que posteriormente foi marcada para junho de 2015. Balbino, como é conhecido,  resolveu se candidatar e acabou sendo eleito ao derrotar Carlito Sacerdote. Em 2016 tentou a reeleição mas não obteve éxito. 


CANDIDATOS A PREFEITO REELEITOS 


Desconsiderando o período de 1989 a 1996 (que não obtivemos os dados na sua íntegra), apenas dois candidatos a prefeitos obtiveram êxito por duas oportunidades em PTN, ou seja foram reeleitos. O primeiro foi Josué Paulo dos Santos (Quinha), venceu em 2004 e 2008. O segundo é o atual prefeito, Antônio Mendes (Toin do Bó), ele se elegeu em 2016 e foi reeleito em 2020, o curioso, que ele derrotou o ex-prefeito Quinha, que inclusive em 2012, havia lhe apoiado e na oportunidade, Toin do Bó perdeu a eleição para o então vice-prefeito e candidato a prefeitura,  Moacy Perreira. 


Tanto Quinha, quanto Toin do Bó, já candidaram em três oportunidades, e eles tem algo em comum. Cada um venceu duas e foi derrotado uma única vez. Toin do Bó leva vantagem porque derrotou na última eleição, o próprio Quinha.  


VICE- PREFEITOS QUE SE TORNARAM CANDIDATOS AO CARGO DE PRFEITO OU SE ELEGERAM PREFEITO


Eleito como vice-prefeito nas eleições 1996, Edinaldo Nascimento se tornou prefeito após o afastamento do então prefeito Aurelino, bem próximo do fim do mandato que terminou em 31 de dezembro de 2000, ano em que Edinaldo (Lago) como era conhecido, resolveu se candidatar a reeleição, mas acabou perdendo para Valdo de Ernesto. 


Em 2004, o vice-prefeito Cândido se candidatou a prefeitura, e por pouco não vence o pleito, perdeu por apenas 57 votos de diferença do primeiro colocado,Quinha. 


Em 2012, Moacy, que até fim daquele ano era vice-prefeito, resolveu se candidatar a prefeitura e conseguiu êxito, mas ele jamais imaginaria o que aconteceria depois. Em março de 2015, após julgamento, o TSE manteve a decisão do TRE pela cassação do seu mandato e do seu vice Moacir, ambos acusados de compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições 2012.  


Qual foi o candidato a vereador mais bem votado na história de PTN e quem mais se elegeu?


vejamos........


Em 2016, o candidato a vereador Carlito Sacerdote obteve 1.071 votos, a maior votação para um vereador, na história da cidade. A segunda maior ocorreu em 2004, quando Tuíca (Antônio Mattos) obteve 997 votos, ele também é o candidato a vereador que mais se elegeu. Como não obtivemos os dados anteriores a 1996, não podemos exatamente afirmar quantos mandatos ele tem ao todo, mais de 1996 até aqui(2020), ele foi eleito 06 vezes, a exceção foi em 2012, quando ele lançou seu filho Aislan, que também acabou eleito. 


Qual o candidato a vereador eleito com menor quantidade de votos? 


Em 1996, Antônio França obteve apenas 201 votos, a menor votação para um candidato a vereador eleito no município. 


ÚNICA VEREADORA ELEITA DUAS VEZES


Apenas uma vereadora, conseguiu se eleger duas vezes em PTN. Trata-se de Sandra da Moenda, eleita em 2016 e 2020. Eugenia Maria de Jesus Trindade (Jana de Roberval) foi eleita em 2012, mas não conseguiu o mesmo feito de Sandra, em 2016, não foi eleita. 


ELEIÇÃO 2020 FOI HISTÓRICA PARA AS MULHERES 


Nas eleições 2020, pela primeira vez, duas candidatas ao cargo de vereador, conseguiram êxito. Sandra de Moenda e Professora Edilene. Representatividade feminina maior na câmara municipal. Dado histórico para o município. 


Veja abaixo os resultados das eleições entre 1996 e 2016 (prefeito) e os nomes dos vereadores eleitos também nesse período: 


ELEIÇÕES 1996


1° Aurelino Rocha 4.128 votos 

2° Paulo Menezes 44 votos 

3° Osvaldo S. Menezes 3.591 votos 

4° Francisco de Jesus 126 votos


ELEIÇÕES 2000


1° Osvaldo S. Menezes (PSC) 5.067 votos

2° Edinaldo (LAGO) (PFL) 2.708


ELEIÇÕES 2004

1° Quinha - PMDB 4.935 votos (50,29%)

2° Candido - PL 4.878 votos (49,71%)

VOTOS APURADOS

11.219(100%)

TOTAL ELEITORES

13.237

ABSTENÇÕES

2.018


ELEICÕES 2008

1° Quinha (PMDB) 7.998 votos (61,64%)

2° Rozinha Mattos (PR) 4.466 (34,32%) 

 3° Oziel Brito (PRB) 512 votos (3,95%) 

Votos apurados: 14.613

 Válidos: 12.976

Brancos: 279 

Nulos: 1.358


ELEIÇÕES 2012

1° Moacy (PDT) 7.770 votos (53,04%) 

2° Tonho do Bó (PSD) 6.880 votos (46,96%) 

APURADOS 15.762 

VÁLIDOS. 14.650

BRANCOS. 236

NULOS. 876


Em 2015 (Eleição Complementar) 

1° Balbino Mota (PV)  7.109 votos.  (52,02%) 

2° Carlito Sacerdote (PSDB) 5.580 votos --  (47,98%).  

13.659 votos apurados, 12.689 foram válidos. Os em branco somaram 2,75% e os nulos 4,75%.  (47,98%).


ELEIÇÕES 2016

1° Toin do Bó (PMDB) 9.149 (63,03%) 

2° Balbino Mota (PV) 5.366 (36,97%) 

Total: 16.122

Válidos: 14.515

Brancos: 260

Nulos: 1.347

Abstenções: 3.987


ELEIÇÕES 2020 


O candidato Antônio Mendes dos Santos, PP, foi reeleito prefeito de Presidente Tancredo Neves, neste domingo(15), com 42,12% dos votos válidos, contra 41,96% de Quinha (REPUBLICANOS). a diferença do primeiro para o segundo colocado, foi de 26 votos. Tania de Valdo Pezinho (MDB) ficou na terceira posição com mais de 1,8 mil votos. Ademar Barreto (PSD) terminou em quarto com 650 votos e Eliezer (PSL) foi o último colocado, com 82 votos. 



Do total de votantes (21.234), 244 eleitores (1,42%) votaram em branco, enquanto outros 843 (4,89%) anularam o voto. O número de eleitores que não votou foi de 4.001, equivalente a 18,84% do eleitorado. A soma de brancos, nulos e abstenções é de 5.088, ou 23,96% dos aptos a votar.


Vereadores eleitos em Tancredo Neves 

• Eleitos em 1996 (mandato de 1997 a 2000) 

Antônio França Leal 

Antônio Francisco Venceslau dos Santos 

Wellington Nunes dos Santos 

Cristóvão dos Santos Andrade 

Jorginho Rodrigues dos Santos

Antônio Oliveira de Mattos (Tuíca) 

(Total: 06 vereadores) 


• Eleições 2000 (mandato de 2001 a 2004)

José Roberto Cavalcante 

Roberval de Sousa Brito   

André Argolo Mendes

Jailton Modesto dos Santos 

Cássio Numes dos Santos 

Ilvo Menezes

Antônio Oliveira de Mattos (Tuíca) 

(Total: 07 vereadores) 


Eleições 2004 (Mandato de 2005 a 2008).

Manoel Andrade Sousa Filho (Coligado)

Olímpio de Sousa Barreto 

Elson dos Anjos Tofolo

André Argôlo Mendes

Antônio Oliveira de Mattos (Tuíca)

Roberval de Sousa Brito

(Total: 06 vereadores) 


•Eleições 2008 (mandato de 2009 a 2012

Antônio Oliveira de Mattos (Tuíca) 

Carlito de Jesus Sacerdote 

Cristóvão dos Santos Andrade

Florisvaldo Barreto dos Santos

Ilvo Menezes

João Hebert Nunes dos Santo

Olímpio de Sousa Barreto

Roberval de Sousa Brito 

Valdemir de Jesus Motta

(Total: 09 vereadores)


Eleições 2012 (mandato de 2013 a 2016)


Valdemir de Jesus Mota 

Eugenia Maria de Jesus Trindade (Jana de Roberval)

Manoel Carlos Andrade do Nascimento (Carlinhos) 

Edivânio Mendes da Silva 

Olímpio de Sousa Barreto

Aislan Santos de Matos 

Florisvaldo Barreto dos Santos 

Pedro de Jesus Santos 

Almir Rodrigues dos Santos 

Genivaldo Gomes de Oliveira 

Josenilton Felicissimo dos Santos

(Total: 11 vereadores) 


• Eleitos em 2016 (Mandato de 2017 a 2020)


Carlito  

Marivaldo 

Sandra 

Olímpio

Bidola 

Gil de Jambrinha 

Almir Jacaré 

Tuica  

Abílio 

Xiola 

 Zé Calisto 

(Total: 11 vereadores)


• Eleitos em 2020 (mandato de 2021 á 2024)


Sandra de Moenda (678 votos)

Marivaldo (669 votos) 

Almir Jacaré (602 votos) 

Nal do Baixão (499 votos) 

El da Saúde (484 votos) 

Zé Coite (484 votos) 

Cosme de Moenda (473 votos) 

Tuíca (435 votos)

Edivânio (435 votos) 

Zé Calisto (382 votos)

Professora Edilene (291 votos) 


Total (11 vereadores) 


(Redação Diário Tancredense com dados do TSE)

Matéria publicada originalmente em 2020 e atualizada em 02 de junho de 2021. 

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem