CSF vota nesta quarta pedido de audiência sobre estímulo ao consumo de derivados do cacau

Divulgação 

A adoção de medidas que levem ao aumento do consumo de produtos derivados do cacau poderá ser tema de audiência pública da Comissão Senado do Futuro (CSF). Proposto (REQ 1/2022) pelo senador Zequinha Marinho (PL-PA), o requerimento para o debate será votado nesta quarta-feira (22).

De acordo com o requerimento, serão convidados para participar a representante da Associação Nacional dos Cacauicultores, Vanuza Barroso; a produtora de cacau da Fazenda Panorama, no Pará, Eunice Gutzeit; o médico sanitarista e nutrólogo Marcio Bontempo e os representantes das câmaras setoriais de Rondônia e do Espírito Santo, Francisco Bezerra e Maurinho Rossoni.

Dados de 2021 da Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC) sobre o recebimento de amêndoas de todo o Brasil indicam que a produção de cacau se destaca em Bahia, Pará, Espírito Santo e Rondônia. O sul da Bahia se coloca como o maior produtor, com entrega de 140,9 mil toneladas de amêndoas de cacau, um aumento de 39,72% em relação ao ano anterior, enquanto o Pará entregou 25,21% do total da amêndoa processada, apresentando uma produção de 49.821 toneladas.

Hoje, o Brasil é o sétimo produtor no mundo com safras em torno de 200 mil toneladas. No passado, chegou a produzir 400 mil toneladas, no entanto perdeu espaço para Costa do Marfim, Gana e Nigéria.

Fonte: Agência Senado

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem