Eleições 2022: veja quais foram os 30 deputados federais mais brm votados do Brasil

Nikolas Ferreira (PL), com 1.492.047 votos em Minas Gerais;

Guilherme Boulos (PSOL), com 1.001.472 votos em São Paulo;

Carla Zambelli (PL), com 946.244 votos em São Paulo;

Eduardo Bolsonaro (PL), com 741.701 votos em São Paulo;

Ricardo Salles (PL), com 640.918 votos em São Paulo;

Delegado Bruno Lima (PP), com 461217 votos em São Paulo;

Deltan Dallagnol (PODE), com 344.917 votos no Paraná;

Tabata Amaral (PSB), com 337.873 votos em São Paulo;

Celso Russomanno (REP), com 305.520 votos em São Paulo;

Kim Kataguiri (UNIÃO), com 295.460 votos em São Paulo;

Amom Mandel (CID), com 288.552 votos no Amazonas;

André Ferreira (PL), com 273.267 votos em Pernambuco;

Gleisi (PT), com 261.247 votos no Paraná;

Tenente Coronel Zucco (REP), com 259.023 votos no Rio Grande do Sul;

Dra. Alessandra Haber (MDB), com 258.907 votos no Pará;

Marcel Van Hattem (NOVO), com 256.913 votos no Rio Grande do Sul;

Erika Hilton (PSOL), com 256.903 votos em São Paulo;

Delegado Palumbo (MDB), com 254.898 votos em São Paulo;

Silvye Alves (UNIÃO), com 254.653 votos em Goiás;

Filipe Barros (PL), com 249.507 votos no Paraná;

Clarissa Tércio (PP), com 240.511 votos em Pernambuco;

Capitão Derrite (PL), com 239.772 votos em São Paulo;

André Janones (AVANTE), com 238.967 votos em Minas Gerais;

Marina Silva (Rede), com 237.526 votos em São Paulo;

Baleia Rossi (MDB), com 236.463 votos em São Paulo;

Fabio Teruel (MDB), com 235.165 votos em São Paulo;

Marcos Pereira, com 231.626 votos em São Paulo;

André Fernandes (PL), com 229.509 votos no Ceará;

Carol de Toni (PL), com 227.632 votos em Santa Catarina;

Sâmia Bomfim (PSOL), com 226.187 votos em São Paulo;

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem