Informação é coisa séria

Na contramão da região Nordeste, Bahia apresenta crescimento de inadimplentes

Foto: Reprodução / Conjur

A Bahia registrou em setembro deste ano um aumento superior a quatro milhões de inadimplentes no estado. De acordo com o Mapa de Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil feito pela Serasa, esta é a maior alta desde maio do ano passado. Na contramão do estado, a região Nordeste apresentou o menor número de inadimplentes nos últimos seis meses.

Ainda de acordo com o Mapa, mesmo com a queda, o valor total das dívidas aumentou e atingiu R$ 46,4 bi, maior valor registrado desde julho de 2020: uma média de R$ 3.028,06 por pessoa e R$ R$ 1.029,79 por dívida.

Segundo os dados divulgados, atualmente no Brasil, são mais de 62 milhões de inadimplentes que enfrentam dificuldades para conseguir crédito e realizar os seus sonhos. O segmento de bancos e cartões de crédito lideram o ranking das contas responsáveis pela inadimplência no nordeste, representando 29,3% delas. Na sequência aparecem as dívidas de utilities (contas básicas, como água e luz) com 27,2% e varejo com 14,3%.

(Bahia Notícias)

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem